“Puta” deputada

Presidente da ONG Daspu, que reúne prostitutas do Rio, Gabriela Leite lançou sua campanha sem meias palavras. Pretende ser uma “puta deputada” para avançar na questão dos “direitos sexuais”. “Os direitos sexuais são fundamentais. E a gente não tem que ter medo deles. Só assim nós vamos avançar na questão do aborto, da união civil homossexual e na questão das putas”, disse ela no lançamento de sua candidatura, pelo PV. Ela defende a legalização do aborto, da união civil dos homossexuais, da prostituição.

Apesar de estar no Partido Verde, fez questão de gravar seu programa de TV com uma camisa vermelha-berrante com o nome de sua ONG. O lançamento de sua campanha teve a presença do deputado Fernando Gabeira (PV), candidato ao governo do Rio. “Espero que algumas coisas deixadas lá [na Câmara de Deputados] continuem nas mãos da Gabriela porque só uma mulher e uma puta vai conseguir avançar em algumas coisas que eu não consegui”, disse Gabeira.

Compartilhe

                 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: