Os blockbusters da política nacional

No dia em que Geraldo Alckmin apeou Guilherme Afif da supersecretaria paulista de Desenvolvimento, o jornal paulista “Diário do Comércio“, que tem no vice-governador como membro do Conselho Editorial, estampava capa cinematográfica.

Na primeira foto, o prefeito Gilberto Kassab encarnava o bruxo Harry Potter, numa alusão a seus poderes mágicos para atrair adeptos para o seu PSD.

O PSDB, que em São Paulo sofre tamanha debandada que corre o risco de virar um partido-fantasma, era representado pela comédia “Gasparzinho”, o fantasminha camarada.

O DEM, que colidiu com o iceberg de Kassab e vê muitos filiados pularem ao mar, virou o campeão de bilheteria “Titanic” –com o líder na Câmara, ACM Neto (BA), de braços abertos na proa antes de o barco afundar.

Sobrou até para o PC do B, que, com sua origem no comunismo albanês, foi associado à aventura “Jurassic Park”.

Em cartaz num partido perto de você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s