Lei da Copa não prevê meia-entrada de estudantes

O relator da Lei Geral da Copa, deputado Vicente Cândido (PT-SP), apresentou novo texto para garantir que estudantes não tenham direito à meia-entrada no evento.

O impasse surgiu anteontem, quando uma comissão do Senado alterou o projeto de lei do Estatuto da Juventude, prevendo o desconto.

Com isso, Cândido fez um novo relatório, suspendendo qualquer lei que dê descontos para os jogos de 2014.

Ao mesmo tempo, o petista atendeu a pedido de Dilma Rousseff e previu que idosos terão a meia-entrada.

Aos estudantes restará o benefício de comprar ingressos da chamada categoria 4, por cerca de US$ 25 (R$ 43). Também terão direito beneficiários do Bolsa Família e idosos que não terão desconto nos bilhetes dessa categoria.

No texto, Vicente Cândido manteve a redação que prevê que o governo pague os prejuízos da Fifa em casos de “ação e omissão” da União. A entidade pressiona por um texto mais abrangente, que garanta o ressarcimento em casos de desastres naturais.

Outra polêmica é a liberação de bebidas alcoólicas, contestada por deputados. Pelo texto, só será permitido beber cerveja nos jogos da Copa, em copo plástico.

Os impasses da lei geral podem atrapalhar o plano do governo de aprovar o texto até março, quando Dilma deve se encontrar com o presidente da Fifa, Joseph Blatter.

O projeto deverá ser apreciado no fim do mês na comissão especial da Câmara. Depois irá ao plenário antes de seguir para o Senado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: