Ficha Limpa enfrentará novo obstáculo para vigorar na eleição

Faxina em xeque: Depois da chicana no STF, a Lei da Ficha Limpa enfrentará novo obstáculo para vigorar em plenitude na eleição deste ano. Como a instrução do TSE para o pleito não exige certidão cível, todos os condenados por improbidade poderão se candidatar, cabendo ao Ministério Público identificar inelegíveis. Promotores terão cinco dias para a impugnação de registro, prazo considerado insuficiente para cruzamento de dados de tribunais de todo o país a tempo de banir os fichas-sujas.

Sujou 1: Os partidos têm até quinta-feira para entregar à Justiça a lista de nomes. As dificuldades tendem a aumentar caso os servidores do Judiciário entrem em greve, o que paralisaria o processamento de informações nos cartórios. Neste caso, os próprios candidatos podem ser prejudicados –a certidão negativa criminal é obrigatória.

Sujou 2: Para tentar aliviar a carga dos promotores, a Procuradoria-Geral da República requisitou aos conselhos federais informações sobre profissionais que tiveram registro cancelado, outra nova causa de inelegibilidade.

Peneira: Membros do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral esperam que os juízes eleitorais examinem prontuários dos candidatos antes de deferir registros. “Compete a eles levar as exigências da Ficha Limpa em conta”, diz o juiz Márlon Reis.

Marco zero: O QG de Fernando Haddad programou para o próximo sábado, dia 7, o evento inaugural da campanha nas ruas. Será uma caminhada entre as praças do Patriarca e da Sé, às 10h.

De fora: Os aliados vão integrar a coordenação da campanha de Haddad. O PSB indicou Eliseu Gabriel e Juscelino Gadelha. Do PC do B participarão a vice, Nádia Campeão, e o presidente municipal, Vander Geraldo da Silva.

Papel passado: E o PP, de Paulo Maluf? “Eles não pediram ainda, mas têm todo o direito de participar”, diz o coordenador, Antonio Donato.

Borracha: O slogan de Humberto Costa faz alusão à guerra fratricida do PT. “O Recife que segue em frente”, ao mesmo tempo, tenta fazer a conciliação com o prefeito João da Costa, que muitos consideram inviável.

Inflação: Dados levantados por técnicos do governo mostram que os pedidos de reajuste dos três Poderes e do Ministério Público somam R$ 92,2 bilhões. O valor equivale à metade da folha de salários atual, de R$ 183,5 bilhões, e a quase o dobro do esforço fiscal do ano, de R$ 55 bilhões.

Sub do sub: Membros das 22 entidades de servidores que querem aumento reclamaram da forma como o secretário-executivo adjunto do Planejamento, Valter Correia da Silva, conduz a negociação. “Nenhum ministro está autorizado a falar pelo governo”, disparou ele, em reunião na semana passada.

Pior do que está… A queda de braço entre governo e servidores já faz suas vítimas. O ministro Garibaldi Alves (Previdência) se queixa da tortura a que vem sendo submetido pelos grevistas da pasta, que tocam o dia inteiro, em alto volume e embaixo de sua janela, a versão de Tiririca para a canção “Índia”.

Companheiros: A viagem de José Dirceu antes do julgamento do mensalão incluirá escalas na Venezuela, onde deve se encontrar com Hugo Chávez, e em Cuba.

Aviso prévio: Antes de lançar os petardos contra seu antecessor na Petrobras, José Sérgio Gabrielli, Graça Foster fez chegar a Dilma Rousseff o que não considerava factível no plano de expansão da estatal. Disse ainda que revisaria as metas para não ser cobrada pelo descumprimento.

TIROTEIO

“O governo adota uma postura arrogante e insensível. A quem interessa não deixar a PF trabalhar em pleno período eleitoral?”

DE MARCOS LEÔNCIO RIBEIRO, presidente da Associação dos Delegados da PF, anunciando operação-padrão graças à recusa do governo em dar reajuste.

*

CONTRAPONTO

Abafa o caso

Em conversa gravada pela Polícia Federal, em agosto de 2011, Andressa Mendonça conversa com o marido, o empresário acusado de contravenção Carlinhos Cachoeira sobre ligações anônimas que estavam recebendo.

Em determinado momento, a mulher do acusado relata que o homem se identifica como delegado de polícia. Aos risos, Cachoeira aconselha:

– Se for o delegado, fala pra ele que você namora com o Carlinhos Cachoeira!

Cautelosa, Andressa responde:

– É melhor não… Deixa quieto!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: