Antes de inaugurar terminal de Guarulhos, Dilma diz que pagará parte da passagem para aeroporto pequeno

governo-dilma

Presidente afirma que governo vai investir R$ 7,3 bi na expansão de 270 aeroportos regionais

Terminal-de-Passageiros-4-interna

A presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta segunda-feira (19), no programa semanal oficial de rádio do governo, que a política de concessão de aeroportos, iniciada em 2011, “tem gerado resultados muito bons”. Na gravação do Café com a Presidenta, Dilma informou que vai inaugurar amanhã o novo terminal do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo — o maior do Brasil.

— A iniciativa privada assume a administração dos aeroportos e a Infraero, empresa do Estado, continua com uma participação importante, de 49%. Hoje, cinco dos maiores aeroportos do Brasil já funcionam neste modelo: Guarulhos, Brasília, Viracopos, Confins e Galeão.

Depois de destacar que a nova área do aeroporto paulista terá 20 novas pontes de embarque e um pátio que comportará mais 34 aeronaves ao mesmo tempo, Dilma garantiu que os aeroportos brasileiros estarão prontos para receber turistas durante o Mundial de futebol e afirmou que a expansão dos terminais será relevante não só “para a Copa, mas [também] serão muito mais importantes para atender o crescimento da demanda no Brasil”.

Dilma informou ainda que o governo federal vai investir R$ 7,3 bilhões na construção, reforma e ampliação de 270 aeroportos regionais espalhados pelo País. O objetivo do governo é oferecer ao passageiro um aeroporto “a menos de cem quilômetros de onde mora ou trabalha”.

Caso as empresas aéreas não consigam encher as aeronaves rumo a esses aeroportos de cidades pequenas, a presidente disse que o governo vai subsidiar parte da passagem para manter as rotas e garantir a regularidade dos voos para esses aeroportos.

— Vamos subsidiar 50% dos assentos ou até 60 assentos por aeronave para aproximar o preço da passagem de avião a dos ônibus e democratizar ainda mais o acesso ao transporte aéreo. Os recursos para todas essas ações nos aeroportos regionais vêm das concessões dos grandes aeroportos.

A presidente afirmou que 163 aeroportos regionais já têm estudos de viabilidade concluídos e agora estão em fase de elaboração dos projetos de engenharia. Dilma explicou que, “no total, temos R$ 186 milhões em contratos de projetos já assinados e em execução”.

Segundo a presidente, “o Brasil é um país enorme, que não pode depender apenas dos aeroportos das capitais ou das grandes cidades” e, com a ajuda dos terminais das cidades médias e pequenas, haverá uma descentralização dos passageiros.

— A ampliação do número de terminais estimula o turismo, facilita as viagens de negócio, aumenta a capacidade de transporte aéreo de cargas, aproxima famílias, conecta populações que viviam isoladas na imensidão do Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s